Prosa, poesia, conexões quânticas, dicas de redação e de leitura, comentários, reflexões… Palavras em infinito movimento!

Posts marcados ‘poema triste’

Sob a luz

Flores tristes 8

Tenho cultivado um jardim

de mágoas e ressentimentos.

São muitas as flores,

mas tristes, sem viço.

Não atraem pássaros,

raios de sol, ventos amenos,

só amargura, vitimação,

sombria solitude.

É hora de mudar,

de plantar otimismos.

Anúncios

FUNDO DE MIM

 Quando foi que desaprendi

de chorar, que as lágrimas

não secaram ou congelaram

mas ficaram contidas

uma lembrança úmida

empoçada em caminhos internos.

E se não choro

minh’alma doída

não encontra vazão para o sofrer

resta, então, ao sentimento

assim retido, aprisionado, torturado

fluir e fluir e continuar fluindo

pelas águas subterrâneas.

rios subterrâneos 6

Nuvem de tags

%d blogueiros gostam disto: