Prosa, poesia, conexões quânticas, dicas de redação e de leitura, comentários, reflexões… Palavras em infinito movimento!

Posts marcados ‘poema sobre a natureza’

Crônica do Tempo

 

Porque roubaram o frescor das árvores e das águas,

o inverno se tornou irreconhecível

Porque deixaram a Terra ser irremediavelmente ferida,

a primavera enlouqueceu

Porque acenderam fornalhas de ganância por todos os cantos,

o verão se agigantou

Porque as cinzas pesaram impunemente sobre a ferrugem das folhas,

o outono morreu

Foi-se o tempo

e nenhum outro

veio para ocupar 

o seu lugar.

Crônica do tempo 2A

 

 

Anúncios

Antes fosse…

 

Árvores que chovem deixam cair 

suas lágrimas, pingos de folha,

como se, com isso, aliviassem

a secura do mundo.

Árvore que chove 1B

 

 

Haicai 17

Ipê branco 1

Ao florescer em tom rosa

pálido, quase branco, o ipê

brinca que está nevando.

Ipê branco 3

Haicai 14

 

Cor-de-rosa –

flores de ipê caídas

pelo caminho.

Ipê cor de rosa 6

Haicai 13

 

Murmúrio de regato – 

o silêncio da natureza

é cheio de sons.

Regato 2A

Nuvem de tags

%d blogueiros gostam disto: