Prosa, poesia, conexões quânticas, dicas de redação e de leitura, comentários, reflexões… Palavras em infinito movimento!

Circunstâncias

Flores ao vento 12

Silêncio,

cinza lá fora,

chuva amena,

mesa farta,

falta o pai – que é dia deles –,

falta mais gente – que a família

se apequenou com as perdas

do caminho.

É muito

ou pouco,

dependendo

da perspectiva,

prefiro a plena:

o silêncio,

a serenidade,

a falta da família

ao redor da mesa

compõem  apenas

uma circunstância.

O viver é feito disso,

circunstâncias,

aproveitá-las,

usufruí-las

e fim,

só isso,

tudo isso.

Chuva na janela 11

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Nuvem de tags

%d blogueiros gostam disto: