Prosa, poesia, conexões quânticas, dicas de redação e de leitura, comentários, reflexões… Palavras em infinito movimento!

Arquivo para fevereiro, 2014

Sobre coaching

Tenho o prazer de compartilhar com vocês o artigo da excelente profissional, e aluna do meu curso de redação, Maria Cristina Costa Consalter. O assunto não poderia ser mais atual e de grande interesse para todos que desejam o constante aprimoramento de suas carreiras. 

Coaching de carreira

As carreiras profissionais têm sofrido grande impacto e intensas mudanças nas últimas décadas. Balassiano e Afonso da Costa, na obra “Gestão de carreiras- dilemas e perspectivas”, afirmam que: “As carreiras no mundo contemporâneo tendem a ser associadas à trajetória profissional de cada indivíduo, independentemente da área de formação ou da organização em que essa trajetória se desenvolve”.

A perspectiva de longevidade na profissão e o “casamento” sólido com a empresa cederam lugar a um cenário mais complexo: o surgimento de diferentes perspectivas no mercado de trabalho, no qual é possível criar novas formas de atuação profissional.  A partir disso, ampliou-se o leque de opções de carreira.

Nesse contexto, reduz-se o grau de dependência pelo emprego formal e muitas pessoas, em diferentes fases de maturidade profissional, ou mesmo na fase de pré-aposentadoria, buscam apoio do coaching de carreira com o propósito de escolher uma nova profissão, apoiando-se, em geral, nos seguintes motivos: insatisfação atual com o trabalho ou a empresa; dúvidas relacionadas ao futuro profissional; busca de recolocação no mercado, após um período sabático, e o fechamento de um ciclo profissional.  Elas desejam um novo trabalho, que lhes possibilite ancorar a carreira em consonância com seus valores pessoais, talentos e atual momento de vida.

Geração - Trad - BB - X - Y - 190

O trabalho ocupa uma função preciosa na vida das pessoas, uma vez que proporciona desenvolvimento, aprendizagem e sociabilidade. Compreender qual é a missão de cada um possibilita o refinamento de sua escolha ocupacional.

Como funciona o coaching de carreira? Esse processo consiste em investigar, conscientizar, esclarecer e construir direções seguras e alinhadas com os valores e propósitos do cliente, tendo como foco a realização de seus objetivos profissionais.

Ao término do coaching, espera-se que o coachee tenha construído um novo mapa de orientação em relação aos seus sonhos de carreira e talentos, balanço de realizações e decisão sobre nova trajetória profissional. Dessa forma, é possível resgatar potência e valor à vida profissional.

Maria Cristina Costa Consalter é formada em Coaching pelo ICI – Integrated Coaching Institute, de São Paulo.

Anúncios

Defina o título antes de escrever o texto

Consciência

Em minhas aulas de redação, muitas vezes os alunos se surpreendem quando, a partir de uma boa reflexão sobre o tema proposto, peço para que definam o título do texto a ser escrito. Isso porque é muito mais comum a prática de “escolher” um título depois de escrever o texto.

Vejo essa prática como desperdício de um recurso fundamental para o desenvolvimento da escrita, que é o de “escolher” sim, mas um recorte, um caminho, uma perspectiva pela qual vamos trabalhar aquele texto. Essa escolha fica mais fácil de ser visualizada, quando definimos o título antes de começar a escrever.

Por mais objetivo que seja um tema, sempre há várias possibilidades de abordagem. Isso é percebido ao longo da exploração do assunto, da reflexão: o que esse assunto significa; em que contexto ele faz sentido; o que eu sei sobre esse assunto; qual é a minha opinião sobre esse tema; quais argumentos justificam a minha opinião…

Uma vez explorado o máximo possível o tema em questão, cabe analisar por qual ângulo, dentre todos aqueles vistos, é mais fácil, mais confortável – por termos mais informações –, e até mesmo mais instigante escrever a respeito. Aí entra a definição do título, fazendo um resumo da abordagem escolhida, para nos direcionar, ao longo de todo o texto, como uma bússola. Dificilmente, contando com esse apoio, nos perderemos em sinuosidades desnecessárias ou em fuga do tema. Ao contrário, será muito provável conseguirmos escrever um texto muito mais coerente e objetivo.

Vejamos alguns exemplos de títulos (de quatro de meus posts), com base nessa técnica. Para efeito de demonstração, só coloco aqui o tema genérico e a abordagem escolhida, depois de feita a reflexão a respeito do assunto:

(1)

Tema: Desenvolvimento da escrita

Abordagem escolhida: O que levou o homem ao desenvolvimento da escrita? A necessidade de fixar o que era, até então, só falado. Isso acabou por nos levar também a temê-la, pois “o que se escreve, fica”. Essa afirmação, por sinal, traduz a razão de ser da escrita!

Resumo da abordagem em um título: Medo de escrever… Quem não tem?

(2)

Tema: Incentivar o gosto pela leitura

Abordagem escolhida: Para quem quer escrever bem e ampliar sua visão de mundo, tornando-se mais crítico e menos sujeito à manipulação, tão comum nos tempos atuais, fazer da leitura um hábito prazeroso é fundamental.

Resumo da abordagem em um título: Ler e gostar, é só começar!

(3)

Tema: Exercícios criativos de redação

Abordagem escolhida: Exercitar-se com palavras “soltas” (sem um contexto que as “ampare” ou explique) estimula a imaginação, permite que se vá longe em termos de associação de ideias, de emoções e de reflexões, o que resulta em inspiração para escrever, conversar e formar opinião, respeitando e fortalecendo a percepção pessoal sobre as coisas

Resumo da abordagem em um título: O poder das palavras soltas

(4)

Tema: Aceitação

Abordagem escolhida: Aceitar as coisas como são é um dos maiores desafios do ser humano. Nada mais parece ter tanta importância

Resumo da abordagem em um título: Tudo o mais é poeira de estrelas

Pode acontecer, depois de escrito o texto, que se resolva dar uma aprimorada no título definido inicialmente, tornando-o ainda mais adequado, ou instigante, ou envolvente, ou ainda divertido, irônico etc. É certo, no entanto, que aquele primeiro título, que foi pensado antes da escrita e resumiu com clareza a perspectiva escolhida para tratar o assunto, cumpriu sua importante função, ou seja, a de levar o autor a escrever, com segurança, facilidade e sem perda de foco, um texto objetivo e coerente.

Carpe diem revisitado

Se o passado é desapego

E o futuro, milagre

Aproveite o dia!

dezoitoanos1

Nuvem de tags

%d blogueiros gostam disto: