Prosa, poesia, conexões quânticas, dicas de redação e de leitura, comentários, reflexões… Palavras em infinito movimento!

Mergulho

Mergulho 6

 

 

 

 

 

 

Ser aquático,

mergulhar

nas profundezas

do oceano,

escapar do etéreo

para o aconchego

do cristalino

manto.

Estender-se leve

ao balanço das algas

e, como as tartarugas,

sombrear

as transparências,

pintalgando de prata

os cardumes

em efervescência.

Tomar impulso

de golfinho,

defendendo-se

como o marlim

e sua espada,

assustando curiosos

feito moreia

entocada.

Mergulho 4Envolver-se

no redemoinho

das ondas,

temendo as manchas

aladas e seus bicos

pontiagudos

a furar

a flor das águas.

Desmanchar-se em

miríades de cores

e formas submarinas,

fluir

pelas correntezas,

acompanhando as marés

da lua eternamente

enamoradas.

Esquecer,

em abandono submerso,

a dimensão seca

da vida.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Nuvem de tags

%d blogueiros gostam disto: