Prosa, poesia, conexões quânticas, dicas de redação e de leitura, comentários, reflexões… Palavras em infinito movimento!

Pois é, os ditongos abertos ei, oi em palavras paroxítonas (quando a sílaba tônica – a sílaba que se destaca por ser proferida com mais intensidade que as outras – é a penúltima) não devem ser mais acentuados. Duro vai ser segurar a mão em frases assim:

plateia1952Que grande plateia compareceu à estreia da peça que, na verdade, se parece a uma epopeia, de um autor heroico, sem dúvida, e também rico de ideias, mas, talvez, por isso mesmo, um pouquinho paranoico.

Ao colher azaleias na mata de Cananeia não percebeu a colmeia, com a qual colidiu, levando ferroadas de “mil” abelhas, sendo que, na fuga, em desabalada correria, ainda conseguiu tropeçar em uma jiboia. Não houve panaceia que amenizasse as dores e evitasse, como resultado do muito pavor vivido, a consequente diarreia.

Teria um asteroide caído em plena Pauliceia? Quem dera, foi só um androide que atravessou a claraboia (de um prédio na região central), à procura de explicações sobre a perestroica. Ou seria sobre o fluir dos espermatozoides? Quem sabe sobre o ardil do cavalo usado na guerra de Troia? Dizem que foi mesmo, e tão somente, para saber como chegar a Águas de Lindoia…

Cuidado com as “pegadinhas”:

1) O acento continua a ser usado nesses mesmos ditongos abertos ei, oi  em palavras oxítonas (quando a sílaba tônica é a última), como herói / anéis / papéis / anzóis / dói.

2) Não foi alterada a acentuação no ditongo aberto eu, como em chapéu / véu / céu / ilhéu / mausoléu / troféu.

Outras mudanças: Sobre beleza e feiura costasauipe2001

Ele esteve na Costa do Sauipe, foi a Bocaiuva e depois para Ipuiuna, onde estudou o maoismo. Mas como estava cheiinho, acabou por fazer regime e filosofar sobre o taoismo, o que lhe revelou a beleza e, por contraposição, a feiura do mundo.

Agora é assim que se escreve. O i e u tônicos, quando vierem depois de ditongo, não devem ser mais acentuados. Outros exemplos:  baiuca / feiume / aiuba / saiinha / Guaiuba / Guaraiuva etc.

Cuidado com a “pegadinha”: Continuam a ser acentuadas as vogais tônicas i e u que vêm depois de ditongo em palavras oxítonas, como em tuiuiú, Piauí etc.

E ainda:

Não se coloca mais o acento agudo sobre o u nas formas rizotônicas (quando o acento agudo cai em sílaba do radical) dos verbos arguir (e redarguir), como em arguis, argui, arguem…

Se o a e o i das formas verbais aguar, apaniguar, apaziguar, averiguar, desaguar, enxaguar, obliquar, delinquir e similares (terminações guar, quar e quir) forem pronunciados como tônicos, eles devem ser acentuados, como em averíguo, enxáguo, delínquem, oblíquem…

 

 

 

 

Anúncios

Comentários em: "Ei, oi, nós não temos mais acento não!" (3)

  1. rogerio costa silva disse:

    Ficou ótimo.

  2. melhor e so vindo fazer pra mim ta otimo agora vou bem na prova

    • Ana Setti Rosa disse:

      Oi, José, fiquei feliz com a sua visita e com o aproveitamento. Boa prova!
      Abs, Ana

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Nuvem de tags

%d blogueiros gostam disto: